20.6.11

Vida acordada

Às vezes acho que sou uma mulher à beira da morte, observando a vida em retrospecto. Os fatos da minha vida são, de fato, a minha memória. Como se minha vida acordada fosse apenas as memórias dessa mulher, que sou eu mesma, à beira da morte.

19.6.11

O que você entende quando você não entende a língua que se fala?

10.6.11

Vida é filme, vida é sonho

- Agora estou me preparando para filmar. Sonhei com você na noite passada. Eu estava confusa, no meio de ruas estreitas e esfumaçadas e você aparecia, tranquilo. Não dizia nada, só observava e sorria. Acordei angustiada, sentindo falta de alguma coisa impalpável. Fazer cinema é mais solitário do que fazer teatro.
- Fazer cinema é isso. Pense que esse impalpável vai ser capturado pela câmera. E que algo palpável ficará para o espectador, fruto desse impalpável.

3.6.11

Nota de esclarecimento

Este espaço é regido pelas regras do deleite e pela cronologia do coração.

1.6.11

Frases de Ceci aos três anos


                                - Mamãe, essa luz tá muito barulhenta!